Quem sou? Quem sabe!

Já notaram o quão difícil é falar de si mesmo? Sou tantas coisas! Não posso simplesmente me prender ao básico, que seriam, no caso, meus 18 anos e sexo feminino. Vou, então, começar diferente. Vou usar a TAG 50 fatos sobre mim para me apresentar da maneira mais adequada possível para os meus leitores. Espero que não se entendiem:

  1. Sou geminiana, ascendente aquário e Lua em gêmeos novamente. Acredite, para mim isso quer dizer muita coisa;
  2. Tenho os pés mais feios da história dos pés;
  3. Já quis ser muita coisa: arquiteta, arqueóloga, astrônoma, ufóloga (especialista em alienígenas), jornalista e, por fim, professora. Até então decido por pedagogia, apesar de que não quero ser nomeada assim. No futuro quero que, quando me perguntarem a minha profissão, eu diga: escritora. Isso sim é um desejo que nunca mudou;
  4. Eu tenho um problema chamado “polêmica compulsiva”, o que me impede de desviar de qualquer assunto sem resolução, sem fins, onde pode-se render uma longa e, às vezes, tediosa discussão;
  5. Sou obcecada por clássicos (músicas, filmes, livros, cultura, o que for!), inclusive tenho Clark Gable como plano de fundo do meu computador;
  6. Insisto em dizer que sou loira (apesar de saber que deixei de ser há mais de oito anos);
  7. Tenho descendência espanhola. Vantagens? Não ter que tirar o visto para ir à Europa. Desvantagem? Eu não tenho o costume de ir à Europa;
  8. Atualmente eu sou absurdamente comunicativa, o que é estranho já que sempre fui a pessoa mais introvertida da classe;
  9. Eu não tenho apêndice;
  10. Meus dentes, antes dos onze anos, eram uma aberração da natureza (muito grandes, muito separados e muito pra frente), e isso me faz usar aparelho até hoje. Façam as contas!;
  11.  Sou uma completa fã de animações (como devem ter notado a partir do nome do blog). Amo desde Mary&Max até Manuelita. Ou seja, tudo;
  12. Nasci na época errada, me imagino vivendo nos anos 10, 20…;
  13. Tenho a ideia de criar um blog desde que escrevia no Nyah!, aos dez anos de idade em diante, e desde então isso tem sido meu sonho, depois de publicar livros;
  14. Já quebrei o braço de meu irmão uma vez. Fica no ar…;
  15. Sou uma chocólatra compulsiva. Sim, tenho plena consciência da grande probabilidade de ter diabetes, mas nem isso me faz parar;
  16. Eu namoro desde 23 de outubro de 2014;
  17. Tenho, até então, duas tatuagens: o Ankh na nuca e “Upendi” no pulso esquerdo;
  18. Não, não tatuei por causa do blog. Criei o blog por causa da tatuagem. Inclusive com a mesma fonte do design;
  19. Sou filha da pessoa que mais fez coisas na vida inteira: foi modelo, maquiadora, capoeirista, hippie, artista plástica, professora, entre outros que infelizmente não tiveram a mesma importância que os anteriores em minha memória;
  20. É, a minha memória é terrível. Chega a ser cruel comigo mesma;
  21. Sempre tive dúvida sobre querer um ou cinco filhos. Acabei optando por dois: Mia e Antônio, que eu garanto que serão gêmeos. Como? Intuição;
  22. Ah, sim. Terei filhos aos exatos 32 anos – ou é o que planejo;
  23. Sou muito supersticiosa, o que me leva a crer que se eu mentalizar direitinho essa questão de filhos gêmeos aos 32 anos vai, sim, acontecer;
  24. Sou assim porque a minha mãe mentalizou que eu não iria gostar de refrigerante, e aconteceu;
  25. Ah, sim, eu não gosto de refrigerante, álcool, ou o que for. Na verdade nunca provei  nenhum deles;
  26. Eu também não gosto de água de coco, apesar de ser uma das coisas que mais bebo na vida. Peguei esse hábito quando tive apendicite e tive que beber água de coco o dia inteiro, e desde então não parei mais;
  27. Eu passo protetor solar todos os dias, independente de estar sol ou não;
  28.  Já cheguei a ter dezoito gatos dentro de casa, sendo que encontrei uma na rua, Kika, que teve cinco filhotes e, logo em seguida, engravidou de um dos filhos, e teve mais quatro;
  29. Eu nasci 25 de maio de 1998;
  30. Sou fissurada por luzes, pisca-pisca, o que for;
  31. Minhas séries favoritas sempre vão ser Lost, Game of Thrones e Downton Abbey. Vira e mexe vão me ver falar sobre esse assunto por aqui;
  32. Por falar em favoritos (já que estou sem ter o que dizer sobre mim), meu livro favorito é O Médico e o Monstro, que foi o primeiro livro adulto que li em minha vida;
  33. Já fiz Malévola em uma peça da escola. Más recordações da atuação, mas ótimas do dia;
  34. Já menti para a oftalmologista na falha tentativa de usar óculos;
  35. Sou sapiossexual;
  36.  Gosto de assistir a vídeos de dissecação. Não, não é mórbido. Apenas gosto muito de anatomia;
  37. Eu era tão apaixonada por Pókemon na infância que fazia gibis, junto a meu irmão e um vizinho, com personagens e Pokémons inventados;
  38. Ainda tenho todas as músicas dos filmes da Barbie decoradas na minha mente;
  39. Pizza portuguesa e comida chinesa são as minhas comidas favoritas  com certeza;
  40. Minhas cidades favoritas são: Gramado, Puente Caldelas, Christiania e, não sei se é uma cidade ou o quê, mas Machu Picchu;
  41. Tenho o grande sonho de virar uma mochileira;
  42. Sou uma grande adepta às camisas masculinas bem folgadas. Nada me deixa tão confortável quanto isso;
  43. Tenho 1,68m com carinha de 1,90m. Minhas pernas são longas, colegas. Ilusão de ótica;
  44. Eu amo mistérios. Por isso sempre estou criando teorias de tudo, vendo história onde não há e sendo guiada por uma imaginação fértil que, ao ver um rapaz com a mão na barriga imagina uma facada ao invés de dor de facão;
  45. Sou muito emotiva. Choro em praticamente todo filme e com, sem dúvida, toda declaração. Acredita que até choro com músicas? A parte final da música Bridge Over Troubled Waters, de Elvis, é testemunha disso;
  46. Meu animal favorito é o pinguim. Isso porque, desde que sou pequena, a minha dinda me chama assim pelo modo como eu andava, que ela achava engraçado;
  47. Não consigo controlar minha língua. Meus espírito geminiano não me deixa ficar em silêncio um minuto;
  48. Passei três anos consecutivos falando sobre o Massacre Romanov e o mistério de Anastácia Romanov para qualquer pessoa que aparecesse em minha frente;
  49. Já fiz boxe por alguns meses, parei porque minha mão começou a tremer e sangrar muito. Apesar de eu ser muito resistente à dor, sou bem fresca com tremedeira;
  50. Finalmente terminei!

 

Espero que tenha servido de algo. Eu me arrependi dessa ideia estúpida nos vinte e cinco, quando comecei a colocar balela para preencher números, mas cheguei longe demais para voltar atrás. Caso queiram saber mais sobre mim sintam-se à vontade para perguntar. Todas as minhas redes sociais ativas estarão na direita ou, simplesmente, pode deixar um comentário aqui. Obrigada pela atenção!

Anúncios

9 comentários sobre “Quem sou? Quem sabe!

Comentem! Vou adorar saber o que acharam!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s