Dicas para aprender qualquer idioma asiático mais facilmente (coreano, mandarim, japonês, tailandês…)

Olá! Para quem não me conhece, eu sou uma estudante de Mandarim e Coreano há algum tempo, e vim contar para vocês algumas coisas que me ajudaram e continuam ajudando muito, para aprender muito mais rapidamente e com eficácia.

Antes de tudo você deve lembrar que não será como aprender inglês, alemão, francês, que é apenas aprender pronúncia, gramática e vocabulário. Você vai precisar de um novo alfabeto, caracteres que por vezes vão significar letras, sílabas, palavras ou até mesmo frases completas. Ou seja, complicou-se…

Mas não é hora de voltar atrás! Vamos às dicas!

01. Alfabetize-se!

Parece um pouco óbvio, mas o principal vai ser sempre aprender ou entender os caracteres do idioma. O coreano é mais simples, no sistema de letrinha; o japonês você pode começar pelo hiragana e seguir adiante aos poucos; já o mandarim vai ser necessário apenas acostumar-se com eles, afinal eles são palavras, e não dá pra simplesmente decorar todos de repente.

Acostume-se com a forma de escrita deles, com os traços e etc. Isso vai te ajudar muito mais adiante!

02. Não deixe de anotar tudo o que aprende!

Isso é MUITO importante. Juro. Tenha um caderno e anote tudo o que você aprender, sejam palavras novas, como se escreve, a ordem dos traços e desenhos, gramática… Vai ser importante, especialmente se estiver mantendo uma rotina de estudos, pois você saberá onde encontrar cada informação que seu cérebro confundir. Afinal, nós não somos máquinas, não é?!

Eu mesma anoto tudo em post its e colo pela parede, em frente à minha mesa de computador. E, além disso, tenho três cadernos de estudos para cada idioma: um para a gramática, outro para treinamento de frases, elaborar coisas novas, e um terceiro (no caso do mandarim) só para desenhar os caracteres diversas vezes e anotar por onde começar cada um. Isso me salva!

03. Procure por coisas escritas à mão por nativos do idioma

Não pense que o desenho tem que ser perfeito, porque não tem. Algo que me tranquilizou foi procurar no instagram por imagens de palavras escritas à mão por nativos asiáticos. Afinal, eles também garrancham. Fica quase ilegível em certos casos, o que me levou a desencanar sobre a importância da perfeita caligrafia. É bom caprichar, mas não precisa pirar se seus traços estão diferentes do digital, né?

04. Vocabulários antes da gramática!

Isso é muito importante, gente. A ordem mais eficiente para se aprender um idioma asiático é alfabetização > vocabulários > gramática. Isso porque se algum estrangeiro falar pra você “banana comer eu quer” você vai entender que a pessoa quer comer banana. Sem problemas “falar que nem índio” no início, a pessoa vai saber que você não é nativo e está aprendendo.

Sem falar que, sinceramente, vai facilitar tudo na hora da gramática. Você saber as palavras vai fazer com que a formulação de frases soe bem mais natural, e é só aprender a conectar algo que você já sabe. Fique tranquilo! Estude de um jeito leve!

05. Tente formular frases

Lembra do “falar que nem índio? Então, essa é a hora! Se jogue, busque palavras do fundo da sua memória e tente falar alguma coisa, consertando seus próprios erros. Chegue para mãe de repente e fale “naneun brajil saram ieiô” (나는 브라질 사람이에요). Ela provavelmente não vai entender nada, mas você com certeza disse que é brasileiro, e já vai te ajudar no treinamento. É nessa hora que você junta seus vocabulários com sua gramática e faz tudo ficar bem claro.

06. USE E ABUSE DOS APLICATIVOS

Use e abuse em caps lock mesmo, porque hoje em dia temos tanta opção de vocabulário que fica difícil é decidir qual baixar (eu, por exemplo, baixei todos). Se você fala inglês, recomendo que busque por “Learn Korean” ou “Learn Chinese” ou “Learn Japanese” para baixar, porque ele fica te mandando atividades sempre, e te estimula mais a aprender. Vou deixar aqui embaixo imagens dos que mais uso no dia-a-dia.

07. Consuma conteúdos asiáticos:

Não sei se você é fã de música, filmes ou séries, mas vamos fugir da ideia de que só a Europa e Estados Unidos o produzem com qualidade! Invista em ouvir música no idioma que quer aprender, assistir a filmes e ver seriados (talvez doramas?) que te façam sentir familiarizado com o idioma usual, do dia-a-dia.

Aliás, uma dica extra a respeito é você ouvir músicas infantis com legenda no idioma nativo. Sabe do que estou falando? Procure pela Galinha Pintadinha asiática e aprenda palavras básicas que até mesmo os bebês sabem no seu idioma em foco!

08. Escreva um diário:

“Querido diário, hoje eu fui ao mercado comprar maçãs”. Percebe quão básicas no português essas palavras são? Escrever um diário é a melhor maneira de te desafiar a usar seus conhecimentos e pesquisar palavras nova que você, enfim, terá um contexto para usar e que vai te deixar mais confiante quando precisar usar o idioma. Procure falar sobre coisas que você convive todos os dias e logo estará pronto pra conversar com nativos (o que nos leva para o nono e último tópico!).

09. NÃO tenha medo de falar com nativos:

Procure aplicativos de troca de idiomas, um estrangeiro na sua cidade, um curso de idiomas ou um grupo de estudos. De alguma forma, procure alguém nesse mundo que estaria disposto a conversar com você no idioma que você está aprendendo, e não tenha medo de errar! Vai ser difícil no começo, mas a fluência vem assim mesmo, em um processo.

Divirta-se no percurso e aproveite a maravilha que é ter um idioma como ferramenta a seu favor. Se existe algo mais gratificante que isso, eu desconheço!

Anúncios

Um comentário sobre “Dicas para aprender qualquer idioma asiático mais facilmente (coreano, mandarim, japonês, tailandês…)

Comentem! Vou adorar saber o que acharam!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s