Nicholas Sparks: por que tão criticado?!

Olá! Hoje trouxe um tema que agradou a muitos leitores! Já falei sobre o por que de John Green ser tão criticado, e hoje eu trago para vocês um escritor que envolve muitas controvérsias! Nicholas Sparks!

c-reileao3d-01Não sabe quem ele é? Vou refrescar a sua memória. Sabe aqueles livros famosos que sempre viram filmes? Querido John, diário de uma paixão,  um amor pra recordar, a última música, o melhor de mim, um porto seguro… Então… É dele.

Com certeza você já viu um filme onde tem escrito “baseado na obra de Nicholas Sparks”. E, se não viu, vai ver! Acontece que, assim como há muitas pessoas que o amam, tem muitas que o detestam. Para ser sincera, eu sou um meio termo. Vou explicar por quê.

As histórias de Nicholas Sparks são todas muito clichês o que torna mais fácil escrever praticamente um livro por ano, com histórias batidas e simples. Vez ou outra ele faz uma obra prima qualificada como clássico – como, por exemplo, diário de uma paixão – mas, no geral, você já viu tudo o que ele escreve. Morte, doenças terminais, segredos, romances adolescentes, tudo. É tudo muito comum. Eu, particularmente, adoro coisas assim. Tem dias que eu acordo precisando assistir um filme do qual já sei o final. É normal, e não o discrimino por isso.

Sobre os livros… Bom, eu já li alguns durante a minha pré-adolescência, e amava todos. Mas acho que são obras para pessoas dos doze aos quinze anos, sabe? Leitura fácil, histórias que inspiram essa alma romântica, essas coisas. Não são ruins, mas não tem nada demais. Se eu ganhasse um agora com certeza não o leria nunca, ou ao menos não o terminaria.

Então é isso, as pessoas criticam o fato dele ser clichê. Mas convenhamos, ele escreve há tantos anos, tantos anos, que provavelmente quando escreveu muitos livros a história era considerada original. Ele iniciou uma saga básica de escrita impressionante, muito vista em fanfics, por exemplo. Todas seguem uma trilha onde sabemos o que vai acontecer, e isso dispersa a curiosidade. É bom inovar, pessoal. Esse é o estilo Sparks de escrever, inovem!

Então eu não concordo com as críticas ao Nicholas, afinal ele direciona suas obras para um determinado grupo de pessoas. Quem não gosta, simplesmente não lê. E seus filmes, que gosto tanto, tem personalidade própria – tanto que sempre achei que Morte e Vida de Charlie St. Cloud fosse dele, por ter estilo parecido – e agrada a maioria das pessoas em algum momento de sua vida. Admitam, também gostam de um romance brega debaixo das cobertas vez ou outra. É normal.

E, se gostaram desse estilo de postagem, comentem aqui que posso usar suas sugestões. Obrigada pela atenção!

Anúncios

4 comentários sobre “Nicholas Sparks: por que tão criticado?!

  1. Digo sempre e repito que sou super contra o preconceito literário, seja como for. Creio que, se você não gosta, apenas não leia. Eu já li alguns livros do Nicholas e, dos que eu li, eu gostei. Frequentemente eu comento em resenhas de livros dele “quando vê assim já tem a fórmula mágica do Nicholas”, mas tem livros dele que tem diferencial (apesar de serem poucos). Concordo no que tange a cada um ficar com o gênero que curte, apenas! Parabéns pelo post!

    https://reclusidadesdiarias.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu sempre confundo esse cara, o Green e aquele autor de “Marley e Eu” e nunca gravo qual livro é de quem.

    Ainda não o li, mas estou chegando perto. Acontece que sempre que me dá vontade de algo mais água-com-açúcar acabo ficando naqueles romances da primeira fase do modernismo mesmo, tipo Escrava Isaura e afins.
    Realmente, não faz o menor sentido a pessoa ler o que sabe que não gosta. Mas criticar faz parte e até acho divertido. Porque, veja bem, você pode acabar gostando da escrita do autor, da originalidade dele, mas isso tudo perde um pouco a graça se o desfecho for prevísivel. E ainda para isso, alguns conflitos acabam no fim com uma solução que ofende a inteligência do leitor. Então, quando você chega no fim pensa “foi bom, mas poderia ser muito melhor se não fosse isso, isso e isso”. Sei lá, acho que no mundo das artes o conceito de agradar muito foi substituido por não desagradar ninguém e ÀS VEZES isso fica chato.

    (esse comentário está bem genérico, cabe em livros, filmes, novelas…).
    Bem, mas ainda vou parar para conferir quais as vantagens e defeitos o Sparks tem. Eu li crepúsculo então uma obra dele não será um problema.

    Curtido por 1 pessoa

    • Exato! Falou tudo! Adoro esses romancezinhos, e sempre recorro ao Nicholas ou a romances dos anos 40 (AUDREY HEPBURN!), e por mais que saibamos o fim e que mudaríamos coisa ou outra, nos divertimos vendo. E eu também li Crepúsculo, e isso me fez ser bem menos crítica com o restante das coisas. Estamos juntas nessa!

      Curtir

Comentem! Vou adorar saber o que acharam!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s